Make your own free website on Tripod.com
DESEJO | SILÊNCIO | PARA UMA PESSOA ESPECIAL... | FOLHAS PERDIDAS | PARA ALGUÉM | AMOR... | DEVE TER SIDO AMOR... | POEMA SEM NOME... | DA NUVEM DO ESQUECIMENTO ÀS AREIAS DO TEMPO... | SOMENTE VOCÊ | À MINHA AMIGA | ROSAS DE AMOR... | QUANDO AS PALAVRAS SE PERDEM | ESPERANDO... | ABANDONO | SE ERRAR É HUMANO, AMAR É DIVINO... | RECOMEÇAR | UM POUCO MAIS DE CONSIDERAÇÃO | A ARTE DE SER FELIZ | O MUNDO É GRANDE | A FALTA QUE AMA | Palavras ao Vento... | Agradecimentos | Quem sou eu? | Meus Amigos (Links Legais!) | Livro de Visitas | Fale comigo! | Título da nova página

Home

Prosa em Verso
ESPERANDO...

O que será isso aqui dentro de mim? Será apenas um vazio?
Será a saudade que se transforma? O que será de nossa vida?
O amor puro e sincero, na maioria das vezes, causa um frio,
Quantas vezes pode melhorar, curar e cicatrizar uma ferida?

Você, que tão longe de mim hoje e agora mesmo está,
Me esqueceu, de mim se lembrou, é um gesto tão nobre!
Seria eu uma canção esquecida, que não mais lembrará,
Será que custa pensar que por você alguém muito sofre?

Eu até que gostaria de ser um sonho que pode sair a voar,
Poderia escrever seu nome na areia, aos poucos, a crescer,
Estar num primeiro vôo, tão gostoso, estar perdida no ar,
Para você, vou cada linha imaginária da Terra descrever...

Lembrando-me daquele último dia, tão triste, até infeliz,
Foi um dia em que me despedi de você, dos lindos olhos seus,
Se foi o destino, não sei, mas com certeza sei que me diz:
Estou indo embora, nunca mais voltarei, pra sempre, adeus...

Se cada ilusão desse mundo fosse, aos poucos, se desmanchar,
Quem sabe essa agora será real? E se essa ilusão não for?
Se cada linha que estou escrevendo, se vai ou não vai rimar,
O que posso fazer? Pode se expressar de sempre o amor...

Apesar de cada promessa não-cumprida, sei que vou vivendo,
Sei que tudo pode passar, eu posso hoje até estar sonhando,
Fazer de conta que no mundo nada está mais acontecendo,
Pois se o destino é esperar, eu vou continuar esperando...

A minha esperança, que pode ser pouca, ela não se apagará,
Amor, carinho e saudade, guardado, será uma grande paixão,
Saiba que quem conhece você, sua pessoa jamais te esquecerá,
Guarda sua imagem, para sempre, no fundo de seu coração...

Mas guarde a nossa saudade, que é a nossa única lembrança,
Enquanto eu escrevo tudo isso para você, com muito carinho,
Eu descobri que você tem uma grande, enorme esperança,
Só esperando o momento em que se cruze o nosso caminho...

Hoje eu agradeço a você, meu grande amor e amigo,
Logo eu que fui encontrada, tão perdida, por você no escuro,
Esse amor, a cada dia que vai se passando se torna antigo,
Será que você voltará para mim? Só saberá dizer o futuro...

Novamente vou lhe dizendo, cada sonho que aqui está escrito,
E que se esvai, aos poucos, tão tristemente, se espedaçando,
Eu vou sair para buscá-lo por inteiro no nosso infinito,
Pois vou continuar até amanhã, para sempre, te esperando...

Tatiana Monteiro Costa